Salva-vidas poderão ter seguro de vida

Salva-vidas poderão ter seguro de vida

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado aprovou o PLC 66/2011, da deputada Laura Carneiro, do PMDB-RJ (foto), que dispõe sobre a regulamentação da profissão de salva-vidas. O texto da proposta aprovada considera como salva-vidas o profissional apto a realizar práticas preventivas e de salvamento relativas à ocorrência de acidentes nos ambientes aquáticos.

Os contratos com os salva-vidas deverão prever seguros de vida e de acidentes, cuja apólice compreenderá indenizações por morte ou invalidez e ressarcimento de todas as despesas médicas e hospitalares decorrentes de acidentes ou doenças que vier a sofrer em virtude da sua jornada laboral.

 

Fonte: Senado | Segs

Compartilhe